Canais EPCC

Projeto "Mar Adentro"

Regulamento do projeto

Enquadramento do Projeto

  1. A EPCC, tem desenvolvido ao longo dos anos um trabalho orientado para o saber ser, saber fazer e saber saber. Assumimos como missão o empenhamento para que os nossos alunos se tornem nos melhores profissionais da RAM.
  2. .O projeto “MAR ADENTRO” surge dentro desse propósito, em que queremos envolver toda a comunidade escolar de forma pró-ativa e onde os Encarregados de Educação também não são esquecidos pois representam um papel fundamental nos objetivos de melhoria na assiduidade e nos resultados finais dos alunos.
  3. “MAR ADENTRO”, pretende promover o empenho e persistência dos alunos, na ação de mudança, quer pessoal quer coletiva. Fomentar atitudes responsáveis, aproximando os participantes da realidade social e empresarial. Desenvolver o espírito de equipa e o trabalho em grupo.
  4. “MAR ADENTRO” é essencialmente um projeto da EPCC, onde ninguém é posto de parte e está sistematicamente integrado em todas as atividades escolares. Tem como finalidade última moldar comportamentos, por forma a ajustá-los aos critérios e exigências que, mais tarde, os estudantes irão encontrar no mundo do trabalho ou nos níveis seletivos do ensino superior
  5. Este projeto possuí 3 linhas de avaliação:
    • As faltas - que devem ser justificadas, pelo aluno e conhecidas pelo encarregado de educação, transmitindo a toda a comunidade escolar a responsabilidade de frequentar a EPCC
    • O comportamento e atitude do aluno – que deverá ser adequado, dentro e fora da sala de aula, promovendo a boa imagem pessoal, da turma, e de todos que nela trabalham. O desenvolvimento da consciência cívica individual e coletiva, é fator decisivo para a sua integração socioprofissional
    • Os bons resultados académicos – que, como evidência da aquisição de maiores competências, facilitam a entrada do aluno nas organizações laborais e no acesso ao Ensino Superior
  6. Destinatários:

    São destinatários deste Projeto todos os Cursos Profissionais, a funcionar na Escola Profissional Cristóvão Colombo.

  7. Objetivo Estratégico e Objetivos Operacionais
    1. Objetivo Estratégico:

      A estratégia do projeto “MAR ADENTRO” é dinamizar o envolvimento do aluno com a escola transformando a aprendizagem num desafio. Pretende-se, no final, tornar o aluno EPCC num cidadão diferenciado, capaz de ultrapassar as contingências sócio laborais, promovendo a sua rápida integração profissional, dotando-o ao mesmo tempo de competências laborais e académicas sólidas, que lhe possibilitem o acesso ao Ensino Superior.

    2. Objetivos operacionais:
      1. Melhorar os resultados das Turmas em termos de médias finais
      2. Número global de faltas injustificadas dadas por todos os alunos do Curso
      3. Número de situações anómalas do curso, remetidas ao Diretor de Turma
      4. Módulos em atraso de cada curso, contabilizados na reunião de avaliação
      5. Faltas injustificadas dadas pelos E.E. às reuniões de avaliação e/ou outras do seu interesse
  8. Indicadores e Critérios de Apreciação
    1. Breve descrição:

      No final de cada mês, de cada período e ano escolar, apurar-se-á a Melhor Turma, considerando os seguintes indicadores

    2. Indicadores
      1. Desistência de alunos do Curso/Turma
      2. Número global de faltas injustificadas dadas por todos os alunos do Curso
      3. Número de situações anómalas do curso, remetidas ao Diretor de Turma
      4. Módulos em atraso de cada curso, contabilizados na reunião de avaliação
      5. Faltas injustificadas dadas pelos E.E. às reuniões de avaliação e/ou outras do seu interesse.
    3. Critérios de Ponderação:
      1. Cada turma começa com um total de 200 pontos, que vão sendo descontados (tendo por referência cada aluno em cada turma) do seguinte modo:
        1. 10 pontos por cada desistência
        2. 10 pontos por cada 6 faltas
        3. 10 pontos por cada situação anómala
        4. 5 pontos para cada módulo em atraso
        5. 1 ponto por cada falta injustificada de enc. de educação
      2. No final de cada período letivo, será atribuída uma bonificação de 12, 8 e 4 pontos às turmas, que obtiverem, respetivamente, a primeira, segunda e terceira melhor médias das classificações. As bonificações atribuídas serão somadas ao valor final anual.
      3. O cálculo é efetuado na plataforma estando todos os resultados, disponíveis para consulta de toda a comunidade escolar e Encarregados de Educação
  9. Mecanismos de Acompanhamento e Verificação
    1. O Projeto é operacionalizado por uma equipa constituída pelos Diretores de Turma, Conselho de Turma e Direção da Escola.
    2. A Equipa reúne de acordo com o calendário predefinido pela Direção da escola.
    3. A equipa pode, por sua decisão, vir a integrar outros elementos docentes, não docentes e/ou discentes.
    4. Cabe à Direção Pedagógica a criação de ações e de instrumentos para a execução do Projeto.
    5. O desenvolvimento, acompanhamento e verificação do Projeto, será efetuada pelas Diretores de Turma.
    6. O Projeto será objeto de uma avaliação contínua, a efetuar pela Direção da EPCC.
    7. Os resultados do projeto, serão objeto de divulgação pública e considerados indicadores do grau de consecução dos objetivos e, genericamente, para a comunidade, da própria qualidade do funcionamento do “Mar Adentro”.
    8. É dever da Equipa Responsável a prestação de informações suplementares à Direção da EPCC através da disponibilização de todos os dados, por ela, solicitadas.
  10. Seleção da Melhor Turma
    1. A decisão da Equipa relativamente aos resultados da Melhor Turma ,em cada Mês, Período e Ano Letivo, será soberana e definitiva, não havendo lugar a recurso.
    2. Apurados os resultados finais da Melhor Turma, no final do ano letivo, em caso de igualdade de pontuação, será considerado a “Melhor Turma” aquela que tiver obtido a pontuação mais elevada em qualquer um dos períodos.
  11. Prémios
    1. A Melhor Turma, 1º lugar, será premiada com uma viagem sempre que a pontuação seja superior a 150.No caso de pontuações inferiores, este prémio da melhor turma, não será atribuído.
    2. Os 2º e 3º lugares serão premiados, mediante a participação das empresas parceiras neste projeto e sempre com pontuação superior a 120. No caso de pontuações inferiores, estes prémios de 2º e 3º lugares não serão atribuídos.
  12. Data e Forma de Divulgação da Melhor Turma

    Os resultados da Melhor Turma em cada Mês, Período e Ano, serão divulgados na plataforma, site da EPCC e no expositor da escola, destinado ao projeto.

  13. Realização da Viagem

    A viagem realizar-se-á após o final do ano letivo, em data e local de destino a definir pela Equipa responsável do Projeto e pela Direção da EPCC

  14. Organização

    Direção da EPCC

  15. Disposições Finais

    Todos os casos omissos no presente Regulamento serão resolvidos pela Equipa responsável pelo Projeto.